01

6 Dicas para tirar mofo da parede

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2020

Fonte: Viva Decora

 

 

Já tem alguns posts aqui no blog falando sobre o assunto como:

 

Mas esse assunto, principalmente agora no verāo é sempre abordado. Além de ser bastante prejudicial à saúde, o mofo pode dar muita dor de cabeça na hora da pintura. E não para por aí! Produtos e mais produtos são utilizados na tentativa de retirá-lo, mas nem sempre solucionam o problema. Além disso, ele pode retornar eventualmente. Vale ressaltar que nem sempre manter a casa limpa é o suficiente. Tanto o mofo quanto o bolor fazem estrago quando há espaços escuros e com muita umidade. Descubra como tirar o mofo de parede antes de pintar! Veja como dar o pontapé inicial na reforma da sua casa. Antes, entenderemos melhor como esses micro-organismos se estabelecem dentro do ambiente.]

 

O que é mofo?

Chamamos de mofo os fungos filamentosos que se desenvolvem através de esporos, são aquelas manchas pretas ou amarronzadas na parede. Quando o mofo se espalha, pode-se dizer que há uma proliferação de fungos no ambiente. Geralmente, isso ocorre em áreas úmidas e quentes que ficam muito tempo fechadas. As infiltrações também colaboram para a estadia do mofo. Sua disseminação se torna um grande pesadelo para quem quer renovar o espaço. Esse mofo rende escamas à parede e isso dificulta a puxar a tinta. Sem contar no aspecto visual, aparentando diferenças nos locais com mofo e onde não há.

 

 

Mofo x bolor:

O bolor se trata de outro tipo de fungo que se revela através de manchas e, de igual modo, necessita cuidados para retirada. Ele também faz a festa em ambientes nada arejados. Esteja atento para os motivos que levaram mofo ou bolor até sua parede. Além de intervir, é preciso uma mudança de atitude diária e realizar boa manutenção no lugar. Mantenha as janelas mais abertas para não haver novos episódios.

 

 

Locais mais propensos ao aparecimento do mofo:

  • Drywall;
  • Papel de parede;
  • Em cima de pias;
  • Banheiros;
  • Paredes com encanamento;
  • Teto.

 

 

Como tirar mofo de parede:

Chegou a hora da pintura e o material está pronto, mas antes de começar, analise como está sua parede. Identifique os pontos onde o mofo é bem visível. Por mais que seja ruim em relação ao odor, é interessante cheirar outros pontos da parede. Já que nem todo lugar onde o mofo está pode aparecer.

Se você já mapeou a parede, é hora de começar a tratá-la e tirar o mofo para pintar. Abra bem a casa para o ar ventilar bem. Vamos lá!

 

1. Lave a parede com água sanitária

Com uma esponja macia e umedecida em água sanitária, faça movimentos circulares. Depois, passe pano seco e deixe o produto agir por 1 hora. Após esse período, vem o momento do enxágue. Capriche na lavagem para tirar o produto e a sujeira que ele já removeu.

2. Lixe a parede

Providencie lixas para deixar toda a parede no mesmo nível. Isso irá retirar qualquer resquício de mofo e nivelará a parede por completo. Lixar a parede certamente levantará muito pó no espaço. Sugerimos que realize este tipo de trabalho durante a manhã e com ar circulando pelo cômodo.

3. Limpar outra vez

Por toda extensão da parede onde passou a lixa, passe um pano umedecido para limpar outra vez. Espere até que tudo fique seco novamente.

4. Use massa corrida se houver buracos na parede

Para tampar qualquer tipo de buraco que tenha danificado as paredes, use massa corrida para consertar. Se este procedimento for necessário, não se esqueça de lixar onde foi feita a aplicação.

5. Aplique o selador

O selador é o item que vai evitar o retorno do mofo. Se você já realizou as etapas citadas, não se esqueça, aplique o selador. Ele funciona como impermeabilizante, vetando novas ações de infiltrações que podem resultar em mofo.

6. Pronto! Pinte a parede

É ótimo quando podemos decorar o ambiente da maneira que pensamos. Depois de tanto trabalho para eliminar o mofo, pinte a parede do jeitinho que preferir. É claro que uma tinta de má qualidade pode deixar dúvidas quanto à parede. Questionamentos que podem confundir quanto ao processo que fizemos. Então, a sugestão é escolher a marca que apresenta as melhores características, além de ótima qualidade (afinal, seu espaço merece), e pinte sem medo de dar errado. Se a parede foi tratada corretamente, a pintura tem tudo pra dar certo.

 

 

Parceiro: Total Construção

 

 

Para receber atualizações e novidades

Redes Sociais

Aplicativo